o que é seo

O que é SEO: conheça a estratégia para melhorar o tráfego do teu site

Você já deve ter se deparado pelo termo “SEO” na internet, sobretudo, ligado a marketing digital ou, então, ao Google. Mas o que é isso? O que é SEO?

SEO é uma sigla em inglês que significa “Search Engine Optimzation” — em português, otimização para motores de busca. A sigla traduzida muitas vezes confunde mais do que explica, porém, SEO é algo que é cotidiano na vida de todos que utilizam a internet. Se você já pesquisou algo no Google, por exemplo, você já se deparou, mesmo que indiretamente, com a tal otimização para motores de busca.

Na prática, SEO é uma série de técnicas e procedimentos que visam melhorar o posicionamento de páginas no Google e nos demais motores de busca — Bing, Yahoo!, DuckDuckGo, entre outros — e, consequentemente, aumentar o tráfego orgânico do site em questão. A essas técnicas, dá-se o nome de “otimização”. Portanto, responder “o que é SEO” é, de certa forma, listar o que é necessário fazer para melhorar o desempenho de páginas e sites.

Vamos falar um pouco sobre algumas delas agora:

 

Fatores de ranqueamento

O primeiro passo para entender o que é SEO na prática é saber o que funciona ou não para o Google para os outros fatores de busca. Isto é: entender e conhecer os fatores de ranqueamento orgânico.

Por razão estratégicas, nenhum dos motores de busca revela quais são os fatores de ranqueamento. Além disso, os algoritmos que “regem” o comportamento dos buscadores em constante modificação.
Mesmo assim, algumas das coisas que funcionam foram mapeadas pelos profissionais de SEO ao longo do tempo. Entre as mais importantes, estão as seguintes:

Foco em experiência do usuário

Cada vez mais o Google e outros buscadores estão com um perfil mais “humano” nas buscas. Isso significa que o conteúdo e o site, em geral, tem de ser focado em seres humanos e não só nos “robôs”.

Velocidade e funcionalidade mobile

Um site rápido e funcional para dispositivos móveis é o básico do básico quando se fala em SEO. Desde 2016, o Google passou a priorizar a indexação de conteúdos para mobile — procedimento chamado de mobile-first indexing — e está em constantes atualizações sobre isso.

Por isso, velocidade de carregamento e responsividade para sites em celulares é fundamental para o trabalho de SEO.

Conteúdo denso

Não há uma fórmula mágica ou um tamanho perfeito para textos produzidos com objetivo de serem encontrados em SEO. Mas é possível dizer que o Google os demais motores de busca gostam de conteúdos densos, que tenham relevância e profundidade.

Por esta razão, o aconselhável para os conteúdos de SEO é que eles tenham, entre 600 e 800 palavras. “Encher linguiça” não é um bom procedimento aqui.

Títulos e meta-descrição

Clareza nos títulos e na meta-descrição são bem importantes. É fundamental que a pessoa que esteja buscando um conteúdo específico se depare com as palavras-chave buscadas logo no título e na meta-descrição.

A importância das palavras-chave

Palavras-chave (em inglês, keywords) nada mais são do que os termos que utilizamos nos buscadores quando queremos pesquisar alguma. Por exemplo: “vacina para coronavírus” é uma palavra-chave. “Covid-19”, por outro lado, é mais um termo.

O grande desafio para o trabalho de SEO é saber qual é a palavra-chave mais adequada para se usar no conteúdo. Existem algumas ferramentas que podem ajudar a entender. Por meio delas, é possível saber que, no Brasil, “coronavírus” é um termo com muito mais volume de busca no Google do que “covid-19”.

O que é SEO no marketing digital

SEO é parte fundamental da estratégia no marketing digital. O motivo disso é que a otimização para motores de busca é aplicável tanto em e-commerces quanto em sites de notícias, blogs e afins.

Também é possível trabalhar estratégias de SEO para datas específicas, como Páscoa, Dia das Mães, Black Friday, entre outras.

E o melhor de tudo: o SEO não é um procedimento isolado dentro da estratégia de uma agência. A otimização de conteúdo orgânico pode — e deve! — trabalhar em conjunto com as estratégias focadas em mídia programática, ads, redes sociais e desenvolvimento web