Rastreamento, indexação e exibição de resultados: entenda como funciona a busca Google

Rastreamento, indexação e exibição de resultados: entenda como funciona a busca Google

5.00/5 (1 voto)
Por ROI Mine

Mais de 100 bilhões de pesquisas são feitas por mês no Google – os dados divulgados pela plataforma Mashable, indicam não só a relevância do buscador, mas também a necessidade de ser encontrado em meio à tanta concorrência nas páginas de busca; e é justamente disso que o SEO cuida.
Já parou para pensar que quando estamos fazendo compras em lojas físicas, pesquisamos os preços e comparamos a qualidade de um mesmo produto em duas ou três lojas diferentes – se estivermos a pé, as lojas que serão alvos da pesquisa, provavelmente serão as que estão mais próximas do local  que estamos. 
A decisão entre uma ou outra, muitas vezes, se dará por uma junção de fatores como: preço, qualidade, expertise da loja, atendimento, entre outros itens. Mas, o que muitas vezes não nos damos conta é que o processo de compra em uma loja online se dá pela mesma forma. O Google é uma grande rua, na qual os usuários estão em busca de produtos específicos e podem entrar em várias “lojas” para comparar não só os preços e a qualidade,  mas também a experiência de compra de outros clientes – com as avaliações de produtos. 
De todo modo, assim como não andamos quilômetros em busca de um bolsa nova, no Google, os usuários não passarão horas e horas pelas páginas. A empresa norte-americana “Internet Marketing Ninjas” revelou em seu estudo sobre busca orgânica – não paga ao Google – que as primeiras posições apresentam conversões de cliques muito maiores do que as demais posições. 

Entenda a estratégia

O trabalho do SEO, que é a sigla para Search Engine Optimization, utiliza técnicas que influenciam os algoritmos do Google para reconhecerem a relevância de um site para determinada palavra-chave, colocando-o em um bom posicionamento no ranking de pesquisa.
Segundo o próprio Google, para que um site consiga um bom posicionamento, são levados em consideração mais de 200 fatores. Por isso é preciso saber: um trabalho sério de SEO gera resultados a médio prazo. Desconfie de quem te disser o contrário!
Por trás de todo o glamour de estar entre as primeiras posições do Google, há, na verdade, muito trabalho duro. O Google, por outro lado, fica responsável por três etapas: rastreamento, indexação e resultados.

Rastreamento

O processo de identificação pelo robô, chama-se rastreamento. Nesta primeira etapa, o Googlebot identifica uma página e envia ao índice do buscador.
O Googlebot, que também é chamado de spider ou simplesmente bot, é um conjunto de computadores que atua com algoritmos de pesquisa para verificar bilhões de páginas em toda a web. 
A equipe de SEO é responsável por definir URLS amigáveis que são identificadas com mais facilidade pelo robô, assim como acontece com os sitemaps. 

Indexação

Depois de processadas, as páginas são compiladas em um grande índice e a partir de então, o Googlebot pode rastreá-las e ter acesso a itens como tags de conteúdo, títulos em headings, palavras-chaves etc. 

Resultados

Quando uma pesquisa é realizada, podemos dizer que a palavra-chave será verificada no índice do  Google. A partir dessa consulta, o Google exibirá os resultados mais relevantes de acordo com aqueles 200 fatores de ranqueamento que falamos mais acima. 

O poder da busca orgânica

O trabalho do SEO coloca seu site ao lado de grandes marcas, fazendo com que seu produto seja competitivo no mercado.

Sem falar que: nutrir um blog de conteúdo especializado – uma das técnicas que o  SEO utiliza, faz com que seu público-alvo crie uma relação de confiança com sua empresa, gerada através de alguma dica, esclarecimento de dúvidas e com o compartilhamento de informações, em geral.

Quer saber mais o que o SEO pode fazer por sua empresa? Venha tomar um café com a ROI Mine!

Entre em Contato


Cadastre-se para receber
informações que te ajudarão
a se destacar no mercado