Estratégias que não podem faltar para obter bons resultados em uma campanha de Black Friday

Por ROI Mine

A Black Friday 2019 é a oportunidade ideal para qualquer lojista que queira fechar o faturamento do ano com chave de ouro, de preferência,  com crescimento no comparativo com o último ano. No entanto, para fazer parte da data mais importante para o e-commerce brasileiro, é preciso de muito planejamento e conhecimento sobre o público-alvo.

A pesquisa “Think With Google”, divulgada pela empresa, revelou que 33% das compras da Black Friday são motivadas pela aquisição de itens que o consumidor já pesquisava, porém, esperava a data sazonal para comprá-los. O estudo também apontou que os consumidores começam a pesquisar sobre produtos do seu interesse cerca de 15 dias antes da data.  79% das compras são fechadas na sexta. 16% no período que abrange segunda a quinta-feira e apenas 5% no sábado, domingo e segunda-feira.

Hábitos de consumo e estratégias

Existem diversos pontos para considerar  antes de sair por aí publicando sobre os descontos que serão oferecidos, inclusive a geopolítica brasileira.  A pesquisa da EBit/Nielsen apontou as categorias de produtos que mais apresentaram crescimento no comparativo dos anos de 2017 e 2018.  

No Centro-Oeste e Sul, os produtos de PETSHOP lideraram o crescimento, enquanto no Norte e Nordeste o destaque foi para a categoria de Games. No Sudeste, alimentos e bebidas foram os departamentos com maior crescimento em consumo. Ter em mente quais são as diferenças nos hábitos de consumo do país, portanto, é essencial para criar campanhas e impactar o consumidor de forma correta. 

O frete grátis é mais um diferencial que pode ser decisivo no momento do cliente escolher em qual site comprar.  Essa estratégia ajuda na aquisição de novos clientes, categorias e regiões. Algumas variáveis também podem fazer uma empresa sair na frente da sua concorrência como, por exemplo, planos de assinatura de entrega, retirada em loja, entrega  em poucas horas e rastreamento de produto. 

Os dispositivos mobiles não podem ser ignorados. Aqui, deve-se ter em mente que o usuário não terá paciência para baixar o aplicativo de todas as lojas de seu interesse em seu aparelho, por isso, o investimento na navegabilidade mobile é indispensável.

A definição das métricas de performance de campanhas que serão trabalhadas deve ser realizada, com isso, é possível repensar ações pontuais de otimização para alcançar melhores resultados.

Nem todo mundo vê um anúncio pela primeira vez realiza a compra imediatamente, por isso, o retargeting não pode faltar em sua estratégia. O retargeting pode ser usado tanto para compras esquecidas no carrinho, como também em visitas de uma página. 

O principal ponto de contato e descobertas para novas marcas, acontece pelas mídias sociais,  o Facebook é destaque entre elas, por isso, impulsione suas ofertas e diversifique as peças em diferentes formatos e locais de exibição. A campanha deve rodar antes da data, pois no dia da Black Friday a concorrência é alta e o custo por clique também aumenta.

Falando em concorrência, para não depender da disputa pela atenção dos consumidores no dia da Black Friday 2019, ofereça vantagens para quem abrir e-mails ou se inscrever em uma landing page com antecedência – isso deve não só melhorar melhorar a experiência do cliente, mas também incentivar a conversão.

Entre em Contato


Cadastre-se para receber
informações que te ajudarão
a se destacar no mercado