BERT: Tudo que você precisa saber sobre este algoritmo do Google

BERT: Tudo que você precisa saber sobre este algoritmo do Google

Por ROI Mine

O Google tem sido fundamental para contribuir com o crescimento de várias empresas e até pequenos negócios que apostam no marketing digital

Mas, como tudo que é feito com qualidade, é preciso seguir algumas regras básicas de acordo com o que é mais adequado aos olhos da maior potência virtual para conseguir bons resultados! 

Para isso, é preciso estar sempre atualizado sobre os algoritmos de pesquisa do Google e adaptar todas as estratégias de marketing voltadas para otimização de sites

Falando nisso, você já ouviu falar sobre o BERT? Sabe como esse novo sistema de inteligência artificial pode interferir nos resultados de buscas feitas no Google e impactar as estratégias de marketing digital desenvolvidas para o seu negócio? 

Aproveite para conferir todas as informações que precisa neste conteúdo, além de entender melhor como vender mais investindo em Google SEO

O que é algoritmo do Google e quem é BERT?

Provavelmente você deve associar o termo “algoritmo” com origem matemática, mas se ainda não sabe o que é algoritmo do Google, está no lugar certo. 

Basicamente, esses algoritmos são atualizações do Google que utilizam inteligência artificial para oferecer os melhores resultados ao usuário.

Ou seja, notavelmente o intuito é que o buscador possa oferecer resultados mais precisos e focados no que realmente interessa para a pessoa que está realizando a pesquisa.

Dessa forma, toda produção de conteúdo para sites e blogs com o intuito de melhorar performances das palavras-chave e o ranqueamento no Google deve se adequar ao que o “novo robô” identifica como lícito e qualificado.

Chegou então o BERT, no dia 09 de outubro de 2019, o mais recente algoritmo lançado pelo Google para aperfeiçoar os resultados digitais obtidos com um plano de marketing digital voltado para otimização de site e conteúdos para links patrocinados

BERT é uma sigla para Bidirectional Encoder Representations from Transformers. Seu maior diferencial para os outros sistemas mais antigos é que procura  compreender o contexto no qual uma busca foi realizada, e essa mudança foi feita porque foi identificado pelo Google que as pesquisas dificilmente são feitas da mesma forma.

Entendemos então que a palavra-chave era mais relevante para os mecanismos de software anteriores ao invés do contexto em que as perguntas eram feitas – além de darem prioridade em apresentar os conteúdos mais acessados e não os mais qualificados. 

O problema disso tudo é que esses algoritmos não tinham bons parâmetros para organizar as respostas, por isso, os resultados eram imprecisos. 

Com o BERT é possível oferecer ferramentas Google de busca que não dão tanto peso para as palavras-chave em si, mas sim aos contextos dessa busca – inferindo o real sentido da pesquisa e assim podendo oferecer resultados efetivos e alinhados com o que está sendo de fato desejado. 

Essa capacidade do BERT de proporcionar resultados mais precisos e contextuais ao mecanismo de busca tende a aumentar profundamente a qualidade da ferramenta, bem como melhorar os resultados de quem investe em um projeto com produção de conteúdo para site, landing page e conteúdos de links patrocinados (estratégia conhecida também como link building). 

Além disso, temos melhorias com assistentes de voz e buscas por fala. Com o BERT, os usuários podem interagir de forma mais natural e informal com assistentes de voz – já que o algoritmo tende a compreender melhor os sentidos das instruções em questão. 

Pode-se concluir que o principal objetivo com toda essa mudança foi: auxiliar a compreensão dos computadores a linguagem próxima e mais similar possível ao entendimento humano.

Como adequar sua estratégia de SEO às regras do BERT?

Desde a introdução do RankBrain – há um pouco mais do que 5 anos atrás -, o BERT é a ação mais preocupante para todo produtor de conteúdo e consequentemente para as empresas de marketing digital que oferecem serviço de SEO. 

Isso porque, de acordo com o Google, o BERT pode impactar 1 a cada 10 páginas de resultados transformando significativamente os resultados que ranqueiam tais buscas. 

Antes de qualquer coisa, vale destacar que o BERT não substitui o RankBrain, mas serve como um complemento para que as buscas sejam respondidas de maneira mais qualificada. 

Com isso, queremos dizer que o BERT é apenas mais um sinal que o Google usa para compreender a linguagem usada pelo usuário além de vários outros, como por exemplo o próprio RankBrain ou os sistemas de detecção de erros automáticos. 

Qualquer sistema desse tipo – ou a junção deles – pode prover os melhores resultados para cada busca! 

Sendo assim, o mais viável pensando em adaptar seus conteúdos SEO com o novo sistema de pesquisa no Google é procurar por uma empresa de marketing digital com especialistas que não só sabem o que é SEO, como também estão sempre atualizados com essas mudanças e empregando todas as estratégias necessárias para não prejudicar seus resultados de busca orgânica. 

Se você já investe em marketing de conteúdo e qualquer outra estratégia de vendas com conteúdos adaptados às técnicas de SEO, procure saber se os profissionais responsáveis já mudaram seu projeto respeitando as novas regras do BERT. 

Caso ainda não tenha um plano de marketing digital voltado para SEO e queira conhecer uma agência de marketing digital que pode criar um projeto que atende todos os critérios estabelecidos pelo Google visando posicionar seu site entre os primeiros resultados desse buscador, fale com a gente! 

A ROI Mine tem toda estrutura necessária para te ajudar com consultoria de marketing digital e desenvolvimento de projetos com resultados impressionantes.

Entre em Contato


Cadastre-se para receber
informações que te ajudarão
a se destacar no mercado